Publicado por: Robert Pattinson | 20 de julho de 2009

Robert Pattinson “estou sempre no modo de trabalho”

Robert Pattinson está em Vancouver se preparando para “A Continuação de Crepúsculo: Lua Nova”, a sequência sugadora-de-sangue do sucesso romance-de-vampiros-para-adolescentes, o filme “Crepúsculo”, dirigido por Catherine Hardwicke. E como toda segunda vez, não é a mesma coisa.

“É estranho porque você já se sente muito mais do que apenas uma ‘máquina jeitosa, esperta’”, Pattinson diz sobre o filme, que está sendo dirigido por Chris Weitz. “O primeiro que a gente fez tinha um elenco tão novo. Todo mundo era amigo. Foi divertido. Não era nada parecido de como é agora. Agora tem pessoas esperando fora dos hoteis o tempo todo. Nós temos segurança. É uma loucuta.”

Robert Pattinson

E Pattinson ainda nem começou. Ele está em Vancouver há três semanas andando de lá para cá em seu quarto de hotel enquanto a filmagem está acontecendo porque  “Eu gosto de ter um tipo de impulso fazendo meu próprio processo para quando eu chegar no set eu saber vagamente sobre o que estou falando”

Pattinson, cuja beleza surreal tem quase sido a chave para o sucesso dos livros da saga Crepúsculo, não é nada se não alguém que se auto-desaprova. Ele pronuncia seus pensamentos numa maneira meio terminada e gaguejante, distantemente relacionada ao outro ‘arrasador de corações’ britânico, Hugh Grant. Ele também pareceu dividir o conhecido desconforto de Grant com atenção. De fato, o único intervalo de toda a gritaria das mulheres recentemente foi o set de filmagem.

“Eu sinto como se nos últimos meses eu tenho trabalhado bastante sempre que saio de casa, para trabalhar ou não, então eu tenho estado bem ativo” ele diz. “Eu estou sempre no modo de trabalho. Apenas no caso de alguém te visitar, você tem que estar com o seu lado divertido ativado.”

Provavelmente nada disso vai mudar o lançamento de seu mais novo filme, dirigido por Paul Morrison, Little Ashes – if for no other reason than few of his fans will see it. Filmado antes de Crepúsculo, o filme, que se passa primeiramente no ano de 1920, é sobre a relação entre o poeta espanhol Federico Garcia Lorca(Javier Beltran) e o surrealista pintor Salvador Dali(Robert Pattinson). O que começou como uma sociedade admiradora de artistas ativos tornou-se muito, muito mais. Boatos dizem que Lorca e Dali eram, ou quase foram, amantes. O filme segue isso, até certo ponto que deixou Pattinson muito desconfortável até ele realmente ver isso.

“Eu acho que eu estava esperando que as coisas fossem mais animadas” Pattinson diz. “Tem tanta vergonha envolvida, e eu estava realmente preocupado era com tentar mostrar a loucura disso.”

De fato, o único aspecto do filme que parece perturbá-lo agora é a não convincente idade de Dali, que era mais ou menos 30. Pattinson tinha 21quado fez o filme, e dá para ver isso. Ironicamente, ele enfrentou o oposto com as séries de Crepúsculo. Seu personagem, Edward, ‘não tem idade’, então ele teve de parecer com um adolescente morto-vivo nas três sequências que ele é obrigado, por contrato, a aparecer.

“Eu acho que todas elas estarão terminadas dentro de um ano e meio”, ele diz. “A coisa toda é sobre a idade e mudar. Então ficaria ridículo se eu estou atuando como se tivesse 17 anos quando eu tenho 35, e pareço ter essa idade.”

O que é outro modo de dizer que Pattinson está despreocupado sobre estar preso a franquia da autora Stephenie Meyer do mesmo modo que o elenco de Harry Potter está em relação ao filme. Não vai durar tanto assim.

Ai será interessante de ver em qual direção Pattinson vai decidir tomar. Sem dúvida seus fãs vão preferir que ele continue aparentemente bem, mas ele parece ter outras ideias. Ele fala sobre uma parte que ele está considerando na qual ele fala uma língua estrangeira que ele não conhece e outra na qual ele faz um personagem “incrivelmente abusivo e assustador”. Ele certamente parece gostar de fazer personagens que são atormentados, ou pelo menos que lutam contra quem eles são.

“Eu tento escolher coisas que representem algo que eu estou passando em minha vida” ele diz. “Trabalhos que vão me ajudar a realizar ou adicionar alguma coisa sobre mim mesmo. Eu não penso realmente nisso em termos de carreira.”

Fonte.

Anúncios

Responses

  1. cara voce é um otimo ator amei seu filme

  2. queria o msn dele estou apaixonada!

  3. vem descansar do trabalho akii em casa, tem cama, comida e roupa lavada! aushuhasuasuhsa


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: